Cronograma de obras: saiba como planejar o tempo para a sua reforma ficar dentro do prazo

| | Deixe um comentário

Como começar uma obra talvez seja a parte mais importante dela e, para isso, o primeiro passo sem dúvidas é estabelecer um cronograma de obras. Mas você sabe o que é isso e como executar? É sobre o tema que falaremos neste guia prático para saber como planejar o tempo para sua reforma ficar dentro dos prazos e do orçamento estabelecido. 

Seja no segmento de arquitetura ou engenharia, o planejamento da obra é fundamental, podendo prever, antes mesmo da execução, os eventuais problemas e percalços do caminho, evitando atrasos e gastos “surpresas”.

cronograma de obra

Cronograma de obras: como fazer e o que é?

Um cronograma, na essência da palavra, nada mais é do que estabelecer metas e prazos para um projeto. Neste caso, o passo a passo para uma obra. É colocar no papel ideias que serão executadas ao longo da reforma para entender o que é necessário em termos financeiros e de tempo.

Para começar um cronograma, o passo número zero é ter uma ideia, um projeto e a partir dessa intenção poder destrinchar no papel (ou em um sistema/planilha) tudo que será utilizado e necessário para a obra – desde os materiais e equipamentos, até a quantidade de funcionários.

Essa parte será fundamental para conseguir, também, fazer um orçamento preciso e que evite imprevistos desagradáveis. Planejar é pensar antes de agir!

Veja abaixo alguns pontos fundamentais para conseguir desenvolver um cronograma organizado que consiga prever tudo que será necessário para tirar do papel aquela obra tão sonhada. 

Faça uma lista de todo o material necessário

Assim como uma receita de bolo, antes de começar a “assar” é fundamental entender o que será necessário para tirar do papel as ideias para transformá-las em algo concreto. 

Independente do tamanho, obras necessitam de materiais de todos os tipos, dos mais básicos aos mais bem acabados, de tintas, argamassa, material hidráulico até pisos, louças de banheiro, metais, azulejos, produtos para a impermeabilização, caixa d’água, ralos lineares e móveis.

Compre os materiais necessários com antecedência

Assim como seu planejamento, orçamento e cronograma, é importante adquirir todos os equipamentos e produtos que serão utilizados durante a reforma. Antecipar é essencial para garantir que os profissionais contratados tenham o necessário em mãos, evitando compras de última hora, que muitas vezes são exageradas ou mais caras que o previsto.

Planeje, mas não desespere: mesmo após a definição do orçamento o responsável ainda terá gastos não planejados, portanto, é essencial contar com uma reserva extra. Lembre-se: preveja imprevistos.

Crie o cronograma para cada uma das etapas

Saindo das finanças, faz parte também do cronograma de obras saber dividir o projeto em fases, planejar as datas de cada uma delas e discriminar todas as atividades a serem realizadas – algumas delas poderão ser feitas ao mesmo tempo, mas outras precisam esperar a conclusão de etapas anteriores.

Tudo deve fazer parte do cronograma, que envolve o momento da listagem de material, até a entrega. Isso inclui:

  • Insumos;
  • Mão de obra;
  • Serviços elétricos;
  • Serviços hidráulicos;
  • Quantidade de itens utilizados;
  • Acabamentos. 

Tendo as respostas de prazos e custos de cada uma dessas áreas, também terá a real noção de quanto será gasto e quanto tempo irá durar cada etapa e a obra como um todo. Assim poderá dividir as etapas por cômodos, pavimentos ou blocos de acordo com o tamanho do projeto.

Por exemplo, se for uma obra residencial, a divisão pode ser por cômodos que tenham, ou não, a necessidade de serviços hidráulicos.

Datas e prazos

Como em todo projeto, em uma obra o ideal é seguir as execuções de forma cronológica, ou seja, para cada serviço iniciado se estabelece o fim desta tarefa antes do início de uma próxima.

Adotar esse mecanismo permite que os profissionais possam se dedicar melhor e com mais precisão em cada atividade – claro que em grandes obras, com muitos funcionários, a execução de mais de uma área ao mesmo tempo é possível.

Leve em consideração dois fatores importantes:

  • Capacidade de produção;
  • Quantidade de profissionais.

A partir disso é possível calcular o tempo de duração na obra pensando em todas as atividades essenciais, planejando e executando melhor o tempo de conclusão do projeto com os recursos e prazos estabelecidos. 

Por exemplo: abrir uma vala para uma piscina apenas com homens e pás é bem mais demorado do que usar uma escavadeira, mas o tempo e os custos são bem diferentes. Vale a pena ter isso em mente quando oferecer um serviço a um cliente.

Há regras para inserir atividades paralelas?

Não. Não há uma regra específica que supere o bom senso do planejamento de uma obra, mesmo porque cada projeto tem suas especificidades e limitações, sejam elas técnicas, físicas ou orçamentárias. O ideal, entretanto, é que as atividades sejam relacionadas. Estamos falando de obras predecessoras, sucessivas e simultâneas.

Enquanto nas duas primeiras, uma dá continuidade à outra, nas simultâneas elas acontecem ao mesmo tempo. E, para não criar confusões, o ideal é que os profissionais estabeleçam o que é necessário para cada atividade, evitando que uma execução atrapalhe a outra, mas permitindo que áreas distintas possam ser executadas de forma simultânea, acelerando o prazo de entrega.

Um exemplo são as paredes e partes hidráulicas e elétricas. Não é possível terminar uma parede enquanto não se tem a conclusão das duas atividades citadas, porque elas necessitam “invadir” o espaço das paredes.

Mas atenção: não faça tudo ao mesmo tempo!

Ter vários profissionais trabalhando ao mesmo tempo pode acabar causando mais atraso do que agilidade. Entenda as limitações de cada área. Lembre-se das várias etapas da obra e respeite as suas especificidades. Tendo isso em mente será possível transcorrer tudo com calma, evitando aborrecimentos inoportunos!

Contrate mão de obra especializada

Se saber dividir as atividades de uma obra é fundamental, entende-se que um projeto tem mesmo várias partes específicas a serem executadas, portanto muitas vezes será necessário contar com profissionais especializados para cada uma delas.

Busque indicações e avaliações de empresas e prestadores de serviços que entendam a importância de saber planejar uma reforma. De nada adianta planejar uma obra se o funcionário contratado não conseguir atender aos prazos e especificidades que deseja.

A execução do que foi planejado

Uma vez estabelecido o cronograma, é hora de pôr as mãos à obra. Mas calma, como quase tudo na vida, as obras podem sofrer alterações devido a imprevistos do dia a dia que fogem do controle. Todo projeto, por mais perfeito que seja, está sujeito a fatores como clima, atrasos de fornecedores, acidentes de trabalho e outros. E é por isso que prever pequenos contratempos faz parte também dos cronogramas!

Claro que seguir o cronograma é a ordem, mas tendo imprevistos externos como clima, por exemplo, por que não inverter alguns processos e começar uma atividade interna, por exemplo? O bom senso, já citado, faz parte de uma boa organização, permitindo ajustar e driblar o inesperado.

Aproveite o resultado

Planejar é trabalhoso, executar é cansativo, mas nada melhor do que ver o projeto sair do papel e virar realidade. Após entender como planejar e criar um cronograma para uma reforma, é preciso aproveitar a obra do jeito que esperava, relaxando após semanas ou meses de bagunça.

Mesmo que muitos achem que é simples, inúmeras pessoas esquecem que o que torna “mais fácil”, ou então menos difícil uma obra, é justamente saber se organizar antes dela, entender o que é necessário, como será a execução, ter claro que imprevistos acontecem e saber, acima de tudo, ser flexível e usar o bom senso.

O importante é criar condições favoráveis para que o cronograma e os planos sejam cumpridos com o tempo e o orçamento previsto!

0 0 votes
Avaliação deste conteúdo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Vamos conversar sobre o seu projeto?

Que tal marcarmos uma ligação para conversarmos sobre seu projeto e nos conhecermos melhor? Compartilhe seus dados e de seu projeto.
Prefere outra forma de contato?
1Sobre você
2Sobre seu projeto
3Agende uma ligação
E-mail(Requirido)
Compartilhe conosco o melhor número para entrarmos em contato

Artigos e conteúdos exclusivos

cronograma de obras

Cronograma de obras: saiba como planejar o tempo para a sua reforma ficar dentro do prazo

|
Como começar uma obra talvez seja a parte mais importante dela e, para isso, o primeiro passo sem dúvidas é estabelecer um cronograma de obras. Mas você sabe o que é isso e como executar? É sobre ...
estilo industrial

Estilo industrial: como usar esse tipo de decoração no seu espaço

|
O estilo industrial vem sendo uma aposta cada vez mais recorrente na arquitetura e decoração entre os adeptos de ambientes modernos. Com essa nova tendência de design, diversas características de ...
Planilha de obra

Planilha para reforma de apartamento: entenda como controlar o orçamento da obra

|
O controle de custos em qualquer projeto precisa ser o mais exato e fiel à realidade possível. Não importa a grandiosidade da obra ou o valor que poderá ser investido, ter uma noção clara do fluxo...

Copyright © 2021 Studio Area
Criado por Khamomila | Digital Business